Usinagem router/Fresagem de metal

Programação das máquinas de corte de chapas de alumínio com o software almaCAM Routing

A ALMA se especializou há mais de 25 anos na usinagem router de chapas de alumínio, uma tecnologia específica à industria aeronáutica. O desempenho no aproveitamento e o respeito de todos os requisitos técnicos e especificidades das máquinas (usinagem multicamadas, aparafusamento, rebitagem, destruição das micro-juntas após a usinagem, etc.) fazem do almaCAM Routing o sistema indispensável para programar as máquinas router para chapas de alumínio.

O processo tecnológico

Em certos setores de atividade como a aeronáutica, a construção de automóvel ou o armamento, certas peças não podem ser usinadas por processo térmico devido a uma possível alteração das propriedades da matéria. A usinagem das peças é então realizada por remoção de material, utilizando fresas que permitem realizar uma usinagem router de formas geométricas complexas com uma grande precisão e uma excelente qualidade de acabamento.

Este processo de usinagem router induz todavia exigências de segurança importantes, para evitar qualquer arrancamento de material suscetível de ser projetado fora da máquina e provocar acidentes.  Assim, uma das especificidades da usinagem router é que as peças não devem se mover no final da usinagem, quando a fresa as separa da chapa.

Por este motivo, certas máquinas estão equipadas com um sistema que retém as peças por aspiração. Em outras máquinas, convém aparafusar ou rebitar as peças e a chapa a uma placa “mártir”. Isto permite, por outro lado, proceder à usinagem router de várias chapas empilhadas em várias camadas. No fim da usinagem router, os parafusos ou rebites poderão ser removidos por programa para permitir o descarregamento das peças usinadas.

Vantagens e benefícios do almaCAM Routing para a usinagem router de chapas de alumínio

Economia significativa de material

Percentual de perda altamente reduzido graças ao desempenho do aproveitamento automático, com a escolha de diferentes estratégias.

Tempos de programação reduzidos ao mínimo

  • Aproveitamento automático que limita ou descarta as intervenções do utilizador.
  • Atribuição automática das ferramentas (brocas, machos, etc…) em função do diâmetro dos furos.
  • Posicionamento automático dos parafusos/rebites para manter a peça e o esqueleto.
  • Possibilidade de funcionamento 100% automático do software.

Tempos de ciclo otimizados

  • Aproveitamento multicamadas que minimiza o tempo de usinagem.
  • Cálculo otimizado das trajetórias das ferramentas.
  • Gerenciamento automático da ordem de utilização das ferramentas (perfuração, aparafusamento e usinagem router), com possibilidade de modificação interativa.
  • Gerenciamento da funcionalidade de destruição das micro-juntas após a usinagem (micro-juntas que mantém as peças fixadas ao esqueleto no fim da usinagem router), suprimindo assim as operações de aparafusamento ou rebitagem.
  • Gerenciamento otimizado das velocidades da usinagem router em função da geometria das peças.

Controle total do processo tecnológico e das máquinas complexas

  • Gerenciamento automático ou interativo da realização de cavidades (com ou sem ilhas).
  • Gerenciamento das profundidades constantes (escareamento plano, etc…)
  • Gerenciamento das torres de ferramentas em função das capacidades da máquina e das peças combinadas em um mesmo aproveitamento.
  • Gerenciamento da usinagem router em vários passes quando a espessura do empilhamento é muito grande.

Economia de ferramentas e consumíveis

  • Compensação do desgaste das fresas por intermédio do corretor de ferramenta, que permite prolongar a vida útil das ferramentas.
  • Alongamento da vida útil da placa “mártir” graças à otimização do empilhamento das chapas no aproveitamento.

Uma abordagem que contribui à qualidade máxima das peças cortadas

  • Repasse automático da fresa para cortar entalhes.
  • Gerenciamento automático ou interativo das realizações de cavidades (com ou sem ilhas) e dos passes de acabamento.
  • Respeito da fibra do material para o posicionamento das peças no aproveitamento.
  • Compensação do desgaste das fresas por intermédio do corretor de ferramenta.

Uma programação que garante a segurança na máquina

  • Criação automática dos suportes de fixação na geometria das peças para, na ausência de sistema de destruição das micro-juntas após a usinagem, manter as peças aparafusadas na placa “mártir”.
  • Gerenciamento automático e interativo do aparafusamento no esqueleto.
  • Gerenciamento da funcionalidade de destruição das micro-juntas após a usinagem, que garante a liberação das peças com total segurança.

Métodos que facilitam a movimentação na oficina

  • Gerenciamento da remoção automática dos rebites, evitando uma operação manual para liberar as peças.
  • Redução do número de programas graças ao aproveitamento multicamadas.
  • Minimização ou supressão dos aproveitamentos parciais que geram retalhos reutilizáveis, mas difíceis de gerenciar.

Programamos máquinas de corte Router/Fresagem

  • Biesse
  • CMS
  • Creno
  • Holz-Her
  • Homag
  • Kimla
  • Maka
  • Mecanumeric
  • Multicam
  • OSAI
  • Protek
  • Reichenbacher
  • Stako
  • Techtronix